Sem categoria

APAE realiza passeata para mobilizar comunidade sobre o autismo

População de LP é mais acolhedora e participativa, diz presidente

1041-Passeata APAE dia do autismo (2)

Os alunos da Escola Helena Aparecida, assistidos pela APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Lagoa da Prata, participaram de uma caminhada pelo centro da cidade, nesta terça-feira, dia 05, como forma de sensibilizar a comunidade para a situação das pessoas com autismo. Os alunos levaram faixas e cartazes fazendo referências contra o preconceito e pela aceitação das pessoas.

“Essa semana nós comemoramos o dia do autismo. A APAE é uma instituição que atende a todos os deficientes, desde o autismo, a síndrome de down, deficiência intelectual, etc. Hoje nos estamos fazendo uma mobilização para conscientizar a população sobre o que é o autismo. Ele é uma pessoa diferente, mas que convive normalmente em sociedade”, explica a presidente da APAE, Isamin Couto Gonçalves Coelho.

Há mais de trinta anos à frente da entidade, Isamin diz que as pessoas hoje em dia ainda tem alguma resistência com as pessoas com algum tipo de condição especial, que não se limita aos deficientes, mas sim a todas as diferenças.

Jpeg

Isamin Coelho, presidente da APAE

“Depois de trinta e três anos nessa luta eu vou te falar que ainda tem. Não só com o autismo, mas com tudo aquilo que é diferente. E não é só com a pessoa com deficiência. Nós vemos aí o preconceito contra os homossexuais, as mulheres, os menores de rua… A gente sente que ainda tem preconceito, eu sei porque tenho uma filha com deficiência, e a gente precisa estar lutando e sempre mostrando”, comenta.

Por outro lado, ela afirma que a comunidade de nossa cidade é mais avançada em relação as outras, especialmente por se mostrar mais solidária e sensível a estas questões. ”Uma coisa eu tenho o maior orgulho de falar: a população de Lagoa da Prata tem um diferencial, porque é uma população acolhedora, que participa, que sensibiliza, que é muita humana. E hoje o mundo está precisando muito disso, de humanismo”, conclui.

A caminhada com os alunos da Escola Helena Aparecida saiu da frente da sede, na rua Joaquim Gomes Pereira, no bairro Américo Silva, e foi até a praça da matriz. Na segunda-feira a comemoração termina com a realização de um fórum regional de autogestão, autodefesa e família, a ser sediado em Lagoa da Prata.

Post Anterior

Editorial: Encontro Empresarial / Lagoa do Chichico

Próximo Post

Polícia Militar apreende grande quantidade de maconha e prende indivíduo

Junior Nogueira

Junior Nogueira