Coluna de Esportes

Filho de peixe, peixinho é

O karatê é destes esportes que costumam ser tradição na família e em Lagoa da Prata temos um exemplo fr que realmente o Karatê está no convívio familiar. Iago Junio Dias é faixa preta/1° Dan e ministra aulas na academia “Dragões Tutores”, na cidade de  Lagoa da Prata.

A academia Dragões Tutores foi fundada em dezembro de 2015 e atualmente conta com a presença de 27 alunos, que estão sob o comando do Sensei Iago Junio Dias, treinando praticamente durante todos os dias da semana. Mas o interessante é que Iago Junio é um exemplo de que o esporte, quando enraizado na família, é normalmente um sucesso. Os pais de Iago também praticaram o karatê e tem sua história registrada neste esporte.

O pai é Geraldo Araujo Dias e a mãe é Jussara Rodrigues Dias, ambos foram praticantes do karatê. Os outros dois irmãos de Iago não seguiram o caminho do karatê, mas praticam outros estilos de esportes.

Mas o karatê em Lagoa da Prata tem encontrado espinhos em seu caminho e Iago Junio é um personagem deste esporte, que sentiu na pele a falta de incentivo. “O karatê tem sido esquecido em Lagoa da Prata, pois os demais esportes sempre tem sido valorizados, porém os praticantes do karatê estão esquecidos e deixados em segundo plano” , desabafou Iago.

Localizada na avenida Benedito Valadares, no número 614, loja 6, galeria Fênix, a academia Dragões Tutores é uma das mais conceituadas de Lagoa da Prata e tem o reconhecimento do público lagopratense. Na próxima olimpíada o karatê estará presente e provavelmente será uma grande atração e Iago Dias espera que este esporte seja mais valorizado. “Na olimpíada de 2020, o karatê será um esporte que irá atrair a atenção de todo desportista e acredito que depois desta olimpíada teremos uma valorização maior e um reconhecimento de todas autoridades do nosso país”, concluiu Iago Junio. Portanto, o cidadão lagopratense está convidado a conhecer a academia Dragões Tutores e também praticar o karatê, que tem aulas com o professor Iago Junio Dias.

Alunos que merecem destaque

Alguns alunos da academia Dragões Tutores merecem destaques e entre eles está  Erica Cristina – que é tricampeã brasileira; conquistou a Zona Sul/Sudeste-Brasil e é campeã Sul-americana, todos os títulos na categoria faixa azul. Outra que também merece elogios é Lívia Soares Machado, que atualmente é campeã mineira e vice campeã da Zona Sul/Sudeste-Brasil, na categoria faixa laranja. Já Mateus Vinicius é bronze no brasileiro da categoria faixa amarela. Portanto, faça parte desta equipe de campeões da academia Dragões Tutores, que está localizada na avenida Benedito Valadares, 614, loja 6, galeria Fênix. O telefone de contato é (37) 9-9919-3830 (Iago Junio Dias). Os treinamentos são de segunda até quinta-feira de 18h até 20h para todas as categorias, e nos mesmos dias de 20h até 22h para adultos.

No sábado os treinos são de 9h da manhã até 11h. Lembrando que o karatê é um esporte que pode ser praticado por ambos os sexos e para todas as  idades.

 

2018

Iago Junio mostra algumas de suas medalhas conquistadas

Chegado o ano de 2018 e a academia Dragões Tutores tem novos projetos. O professor Iago Junio irá participar da Assembleia Ordinária da FMKI, em Varginha, neste mês de fevereiro. Mas a grande  novidade poderá ser a realização de uma das etapas do campeonato mineiro de Karatê em Lagoa da Prata.

Mulheres também fazem parte da academia Dragões Tutores

Origem do karatê no Brasil

O karatê chegou ao Brasil com os imigrantes japoneses, no ano de 1908 com uma colônia que se instalou no interior de São Paulo e na capital. Durante décadas, vindos da terra mãe, os japoneses, dentre eles o professor Akamine, ensinavam a “arte da mão vazia” aos jovens nipônicos e aos poucos brasileiros que se interessavam. O karatê  ganhou diversos adeptos a partir da fundação, no ano de 1960.

Post Anterior

PM apreende três menores por assalto a mão armada em LP

Próximo Post

Dondon e Tinoco

Marlon Santos

Marlon Santos