NotíciasNotícias Policias

Jovem de 28 anos executado a tiros na própria casa

A Polícia Militar acaba de confirmar a informação que vem circulando pelas redes sociais desde a noite desta terça-feira, dia 07, sobre um crime ocorrido no bairro Marília, em Lagoa da Prata. Por volta de nove horas da noite, a equipe policial deslocou-se ate a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) desta cidade, onde havia acabado de chegar ao local um individuo que havia sofrido diversos disparos de arma de fogo.

No local, os polícias fizeram contato com a esposa da vitima, a qual informou que estava no interior de sua residência, juntamente com seu marido, momento em que ouviram uma motocicleta estacionar em frente sua residência e alguém chamou por ele. Nesse momento, seu marido foi até a parte de fora da casa e abriu o portão. De repente a esposa ouviu diversos estampidos vindos do lado de fora da residência e, logo após, o marido começou a gritar por socorro para sua esposa, afirmando que o estavam matando.

A vítima – A.G.R., de 28 anos de idade, foi levada até a UPA por populares. A mulher informou também que havia diversas cápsulas de munição de arma de fogo em frente à residência. Os polícias notaram manchas de sangue no passeio em frente à casa, na garagem e no corredor lateral do mesmo local. Foram encontradas cinco cápsulas deflagradas, constatando que se tratavam de munição do calibre .380. Feito contato com a policia civil, a qual passou a situação para o perito, que no momento atendia outra diligencia na cidade de Martinho Campos, ficando  de comparecer na residência em data futura.

A equipe voltou à UPA, onde o médico responsável relatou que havia 06 perfurações no corpo da vítima, 01 no peito do lado esquerdo, 01 na região abdominal esquerda, 01 no pélvis do lado esquerdo, 02 na região lombar a esquerda e 01 na mão direita. A vítima não conseguiu resistir aos ferimentos e veio a óbito.

A Polícia ainda não divulgou as possíveis causas do crime.

Mais informações a qualquer momento.

Arlem Guilherme, 28 anos, vítima de homicídio nesta terça em LP. Foto: internet

Post Anterior

E-Cult: mover requer continuidade

Próximo Post

Laudo confirma que macaco morreu por febre amarela em Japaraíba

Junior Nogueira

Junior Nogueira