CulturalNotíciasTurismo e Negócios

LACUSTRE 2017: Festival de música autoral reunirá bandas na praça da estação

Depois de um festival memorável, é hora de repetir a dose.

[Continua depois do anúncio]

O Lacustre – Festival de Música Autoral, criado em Janeiro de 2015 para o fomento, circulação, promoção e divulgação de artistas, bandas, produtos e produtores da cena independente da música em Minas Gerais, mais especificamente no centro-oeste mineiro, terá sua segunda edição no próximo mês em Lagoa da Prata.

De acordo com a organização, entre os objetivos do evento estão o fomento à música autoral, a promoção da circulação, articulação, integração e o intercâmbio de bandas, artistas, musicistas e músicos de diversos estilos da cena underground produzida no Brasil.

O festival pretende também facilitar ao público o acesso e contato com novas experiências sonoras e estéticas da música produzida no Brasil e fomentar parcerias com entidades de cunho artístico-cultural, fortalecendo a ideia de trabalho em rede.

Para a realização desta edição, a parceria com empresas locais foi fundamental para assegurar a estrutura necessária. Entre os apoiadores contam IMAM, UNOPAR, LOCOMOTIVA ROCK BAR, ACE/CDL, POUSADA PARADOR DA FIGUEIRA E COPACABANA BAR E RESTAURANTE, que terão suas marcas veiculadas no evento.

Feito de forma colaborativa pelos participantes dos Coletivos de cunho cultural, Coletivo Nexalgum e E-Cult, conta também com o apoio de entidades de cunho artístico-cultural, como a Fundação FUTURA e ACADELP (Academia Lagopratense de Letras), além de amigos músicos e voluntários; e claro, o apoio e parceria das empresas do município.

O Festival está marcado para acontecer dia 04 de novembro de 2017, no horário entre 10h e 23h, no entorno da praça Capitão José Bahia e do Skate Parque Lagoa da Prata, e contará com apresentações de bandas locais, da região centro-oeste de Minas Gerais e bandas da cidade Belo Horizonte.

O Lacustre contará também com exposições de trabalhos de artistas de outras áreas da produção cultural; festival de Chopp artesanal; exposições de carros antigos, barbearia itinerante, espaço para prática do “Slack Line”, praça de alimentação e lojinhas com produtos diversos.

Confira a programação:

Post Anterior

Rio São Francisco pode salvar a Lagoa Feia

Próximo Post

Edição 1096 - Papo de Pescadô

Junior Nogueira

Junior Nogueira