Sem categoria

Sindicato dos Laticínios amplia atendimento a novas categorias

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Açúcar, Laticínios e Produtos Derivados de Lagoa da Prata estendeu sua representatividade aos setores da alimentação, conforme publicação no Diário Oficial da União em Junho do ano passado. Agora, a entidade também está apta a representar os trabalhadores dos setores de padarias, açougues, matadouro, frangolândias, sorveterias, redes de açaí, indústria de rações e comércio de bebidas em geral.

A informação é do presidente Lázaro Guilhermino, que estima em torno de quinze por cento o índice de colaboradores destes setores que já estão filiados. “Temos muitos benefícios para oferecer a estes trabalhadores, à medida que eles conhecem os nossos serviços imediatamente eles fazem a opção pela filiação”, afirma.

De fato, entre assessoria jurídica, atendimento odontológico e os acordos coletivos, há uma série de conquistas adquiridas ao longo do tempo que tornam o sindicato uma alternativa quase que imprescindível na vida destes colaboradores.

Lazinho, presidente do Sindicato anuncia: “Estamos analisando a possibilidade de oferecer atendimento médico aos nossos associados. Se tudo der certo, teremos um clínico geral atendendo”

Um pouco da história

Fundado em 19 de Fevereiro de 1986, à época com a denominação de “Associação Profissional dos Trabalhadores nas Indústrias do Açúcar, Laticínios e Produtos Derivados de Lagoa da Prata – MG”, o sindicato teve em sua primeira formação como presidente José Maria Bernardes Sobrinho; Secretário Vicente de Paula Florindo, Tesoureiro Franklin Vasconcelos e como suplentes Rubens Carvalho Guadalupe, Reginaldo Soares e Paulo da Silva.

Em 1988, na gestão do ex-prefeito Pedro Paulo Resende, foi doado pela Prefeitura um lote de terreno urbano com área de 400 metros quadrados, na esquina da rua Luz com Avenida Benedito Valadares, que abrigaria o prédio sede da entidade, cuja construção teve início no mesmo ano. Com recursos das contribuições sindicais e dos associados, o sindicato veio, ao longo do tempo e com a austeridade e boa gestão de suas diretorias, modernizando suas instalações e lutando para oferecer um espaço condizente com seus associados.

Atual Diretoria – eleita para o mandato 2016-2020

Atendimento médico

Os planos da diretoria da instituição para 2018 são arrojados. “Estamos analisando juntamente com nossa assessoria jurídica, a possibilidade de oferecer atendimento médico aos nossos associados. Se tudo der certo, teremos um clínico geral atendendo em uma de nossas melhores salas aqui na sede, de maneira a agilizar para o associado, já que nem sempre os planos de saúde oferecem as consultas num prazo muito rápido”, enfatiza Lázaro. Além disso, também está sendo cogitada a contratação de um segundo dentista para ampliar os tratamentos dentários, que passaram a incluir a endodontia (tratamentos de canal) com condições diferenciadas em relação ao mercado. “Além do valor bem mais acessível, facilitamos para o associado incluir o tratamento no seu orçamento, oferecendo parcelamentos que chegam a até dez meses”, informa.

Além da intermediação nas negociações salariais, os chamados acordos coletivos, onde o sindicato defende os interesses dos trabalhadores junto às empresas, o lado social também é valorizado, conforme explica o presidente. “Nos preocupamos também com as condições de trabalho dos nossos associados, se eles estão tendo acesso a plenas condições e instrumentos de trabalho, se tem programas ou áreas de convivência, onde possam desfrutar com suas famílias de atividades de lazer e esporte, entre outras”, conclui.

Conquistas importantes

De sua fundação até os dias atuais o sindicato já teve nove presidentes, estando atualmente sob a direção de Lázaro Guilhermino. Entre outras conquistas, ele destaca os benefícios alcançados pela entidade para seus associados ao longo de sua trajetória:

Para se filiar, o trabalhador que faz parte de uma destas categorias pode procurar o sindicato, em seu endereço e preencher uma ficha. Será cobrada uma mensalidade equivalente a dois por cento do salário mínimo por mês, em torno de R$ 19,00, dando direito imediato de usufruir dos serviços oferecidos pela entidade.

Equipe de trabalho: Queila Cristina, auxiliar de dentista, Maria Ap. Bessas, diretora, Cirlene Silva e Lorena Silvano, auxiliares de escritório, o presidente do sindicato Lázaro Guilhermino, o assessor jurídico Rodrigo Gentil e a dentista Alexandra Bernardes.

Atendimento odontológico aos associados e dependentes.

Post Anterior

Tequinho está em "Coma Vigil", que pode ser reversível

Próximo Post

Esporte: Marrom e sua trajetória no futebol amador e profissional

Junior Nogueira

Junior Nogueira