EconomiaNotíciasUtilidade pública

Sindicato dos Trabalhadores Rurais de LP completa 32 anos em 2018

Entidade oferece serviços de advogado, dentista e aposentadoria a filiados

Em Junho de 1986 foi criado em Lagoa da Prata o Sindicato dos Trabalhadores Rurais. À época, o presidente eleito foi o sindicalista da CUT – Central Única dos Trabalhadores, Fenelon Lins Filho, que dirigiu a entidade até dezembro do mesmo ano, quando passou o cargo para o canavieiro Dimas Ferreira Batista.

Dimas alternou a direção com sua esposa Alzira de Castro até 2004, quando assumiu a atual diretoria, tendo a frente Nelso Rufino de Paula, que conta um pouco da história do órgão.

O sindicato nasceu através do PT e da CUT, fomos “cutistas” durante muitos anos, até 2004. Na época era muito complexa a vida do trabalhador nosso, não tinha carteira assinada, não tinha garantias, nem o INSS era recolhido.

Depois daquela greve que aconteceu na usina em 1989 foi que se firmou o primeiro acordo coletivo, que garantiu aos trabalhadores diversos benefícios como carteira assinada, garantia de salários, porque antes o pagamento era por produção mas não tinha pesagem, plano de saúde, plano odontológico, então o sindicato se firmou de lá para cá”, conta Nelso.

Hoje o sindicato atende a 154 fazendas e responde por aproximadamente 2.500 funcionários, englobando os trabalhadores da usina açucareira e terceirizados. A filiação é espontânea, bastando o colaborador se enquadrar na categoria de trabalhador rural. “No passado existia um costume de o funcionário entrar na empresa e já ser automaticamente filiado. Quando eu entrei eu mudei isso, a pessoa pra ser associada tem que querer”, explica Nelso.

Eu gosto de lembrar o pessoal que o órgão mais importante do sindicato é a assembleia geral. É o trabalhador que é o dono, ele que paga, ele que manda. Por isso as decisões importantes são tomadas na assembleia geral, tudo que eles decidirem a gente tem que fazer”, assegura.

Pequenos produtores também podem se associar

Conforme explica Nelso, donos de propriedades rurais de até 04 módulos fiscais podem se associar para desfrutar dos benefícios oferecidos pela entidade, entre eles a montagem do processo para obtenção de prova plena, necessário para a aposentadoria.

O pequeno produtor não está conseguindo hoje em dia provar que ele trabalha na roça para poder aposentar com sessenta anos. Ele acaba procurando um advogado na praça, que no final vai encaminhar a documentação pra gente. Aqui no Sindicato nós fazemos esse serviço, montamos todo o processo e entregamos no INSS sem ele gastar nada com isso. E quem não for sócio também pode usar o serviço, com um preço bem mais barato”, explica Nelso.

Advogado

O sindicato tem também uma equipe para dar assistência jurídica aos associados nas mais diversas áreas, possuindo convênio com o escritório dos drs. Alone Alves Cardoso e Renata Alves Silva Azevedo e passará a contar, já em janeiro, com a assessoria do dr. Flávio Batista.

 Atendimento odontológico

Os filiados contam com completo serviço de atendimento odontológico. Somente no ano passado foram realizados mais de 760 procedimentos, incluindo sessenta tratamentos de canal, 85 extrações e 484 restaurações. Para os associados o tratamento é gratuito, mas outras pessoas que não são filiadas também podem ter acesso aos tratamentos, explica o presidente.

A gente atende qualquer pessoa. Se alguém por exemplo quiser fazer um implante e não for associado, pode vir aqui e fazer um orçamento, além de um valor diferenciado com um bom desconto nós parcelamos em até dez vezes no cartão ou no boleto bancário”, explica.

Três dentistas atendem regularmente no consultório do Sindicato, que funciona de segunda a sexta-feira.

Dra Bárbara o tratamento convencional, segundas e terças de 14 às 18 horas e quartas e quintas na parte da manhã, de 07 às 11 horas. Dr Pedro realiza cirurgias e implantes nas sextas, sob demanda e Dra. Ana faz tratamento de canal nas terças”, descreve Nelso.

As homologações, conhecidas como acertos, também são outro serviço prestado pelo sindicato. Em 2017 foram realizados 366 acertos diretos pela Biosev e outros oitenta indiretos.

Local e horário de funcionamento:

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de LP fica localizado à Rua Alagoas, 878 e o telefone de contato é 3261-2792. O atendimento é feito de segunda a sexta, de 07 às 17 horas.

Post Anterior

Associação Comercial homenageia 122 empresas neste sábado

Próximo Post

Youtuber de Bom Despacho chama atenção com roupa de banho “inusitada” na praia de LP

Junior Nogueira

Junior Nogueira