Sem categoria

Solidariedade: Cadastro para doação de medula óssea acontece sábado, dia 30, em LP

A campanha “Doa Lagoa”, com o objetivo de conscientizar a população sobre a doação de medula óssea, culminará no próximo dia 30 deste mês com o cadastramento de candidatos à doação em Lagoa da Prata. Criada por jovens nas redes sociais, a campanha tem a meta de conseguir trezentos doadores cadastrados.

Mireli Ribeiro, uma das organizadoras da campanha, disse que o movimento teve início em 2015, quando sua mãe, Melissa Montezuma, da cidade de Moema, foi diagnosticada com aplasia medular, uma disfunção na medula óssea; ela conta que de início começou a divulgar na universidade onde estudava. “Surgiu a ideia de falar mais sobre esse assunto, porque é pouco conhecido, e eu comecei a campanha na faculdade… e aí esse ano apareceu o Alisson, em Lagoa da Prata, que também precisa do transplante, então a gente resolveu tentar conseguir a coleta pra lá e conseguiu”. A entrevista foi concedida ao programa MG TV, da rede Globo de televisão.

O cadastramento poderá ser feito na escola Doutor Jacinto Campos, no próximo dia 30 de abril, sábado, de 09 horas da manhã até as 05 horas da tarde. Os interessados em se candidatarem à doação devem ter entre dezoito e 55 anos de idade, bom estado de saúde e não ter histórico de câncer ou DST (doenças sexualmente transmissíveis).

O candidato que é considerado apto a fazer a doação, pode ser submetido a um processo de aférese – que é a doação de sangue em que as células tronco são separadas, ou então a um procedimento cirúrgico, em que cerca de dez por cento da medula é aspirada do osso da bacia. A recomposição do material retirado acontece em torno de 15 dias.

1043-Doação de medula-Mirelli Ribeiro-foto Melissa Montezuma

Mireli e sua mãe, Melissa

Post Anterior

Acidente de trânsito no centro

Próximo Post

Junior Nogueira

Junior Nogueira