Morreu na madrugada deste domingo (23) o ator e diretor de teatro Carl Schumacher, de 53 anos, em sua casa em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo amigos e familiares, o ator estava finalizando a remontagem da comemoração de 30 anos do espetáculo “Amor de Vampira”, que tem data de estreia para o dia 14 de novembro.

Segundo Alexandre Bandeira, que esteve com Schumacher na noite desse sábado (22), o ator teria se queixado de mal-estar durante o ensaio, mas teria se recusado ir ao médico e resolveu ir se deitar. No entanto, na manhã de domingo, o corpo foi encontrado já sem vida.

“Estávamos trabalhando na estreia da peça, que é um dos maiores sucessos do teatro mineiro. Agora, vamos ver como é que iremos dar continuidade”, comenta Bandeira que diz ter sido o último a conversar com o ator.

Carl Schumacher teve uma carreira movimentada, dirigiu e contracenou em inúmeras peças. Ele também atuou em novelas, na Rede Globo, e também trabalhou ao lado de nomes como Renato Aragão.

A causa da morte de Schumacher ainda não foi atestada pelo Instituto Médico Legal (IML), tal como o horário e local do sepultamento.

Carl morou em Lagoa da Prata em 2016, onde anunciou a realização de um curso e teatro. Na ocasião ele foi entrevistado pelo Jornal O Papel (link da matéria: http://opapel.com/entrevista-com-o-ator-e-dramaturgo-carl-schumacher/).

Fonte: Hoje em Dia

Entrevista concedida pelo ator Carl Schummacher ao Jornal O Papel, em Junho desse ano.
Entrevista concedida pelo ator Carl Schummacher ao Jornal O Papel, em Junho desse ano.
- Anúncio -