Lauro Jr e Deputado Marcelo aro, recebendo o projeto do Museu

Esteve em Lagoa da Prata no último dia 22 de abril, o deputado federal Marcelo Aro (PHS). Ele veio a convite do engenheiro Lauro Barbosa Jr, ex-candidato a vereador nas últimas eleições municipais, com o objetivo de conhecer e ajudar na realização do projeto que a Futura – Fundação de Cultura e Turismo, tem para a casa do fundador da cidade, conhecido como museu.

Estiveram presentes à ocasião o secretário municipal de cultura, Ricardo Costa, o ex-presidente da Futura e arquiteto Carlos Brasil Guadalupe, o Lalinho, o fotógrafo Lauro Rocha, membros do conselho municipal de cultura e moradores próximos, entre outras pessoas.

O engenheiro Lauro Junior disse que seu interesse em envolver o deputado na causa veio da sua vontade de ajudar a cultura no município:

“Logo depois que passou a eleição, me disseram que viriam vários deputados me procurar. Mas eu quero representar alguém com quem me identifico e fui fazendo alguns filtros. Observei um perfil político que se parecesse com o meu e cheguei ao Marcelo Aro. Fui até Belo Horizonte, conversei com ele e chamei ele pra vir até aqui, apresentar a ele o museu, as pessoas que tem vínculo com a causa”, disse.

Demora mas sai, diz parlamentar

Para o deputado Marcelo Aro, ainda que leve algum tempo, o projeto tem condições de sair do papel e transformar o local que hoje está abandonado em uma referência para a cidade. Ele se prontificou a levar a documentação para Brasília.

“Quando eu conheci o Lauro eu falei, é exatamente o nosso perfil. Aqui em Lagoa da Prata, apesar de conhecer a cidade há muito tempo, não fiz trabalho aqui na última eleição, deixei para trabalhar mais a minha cidade, Belo Horizonte. Mas agora conhecendo o Lauro eu vi oportunidade de começar a trabalhar em Lagoa da Prata. E na nossa conversa eu disse que a gente não tem condição de resolver todos os problemas da cidade, mas de alguma forma a gente quer colaborar, começar um trabalho. O Lauro escolheu o museu, disse que tinha uma vontade muito grande de revitalizar o museu. Então hoje eu vim aqui para pegar a documentação (…) o poder público é muito moroso, mas eu vou trabalhar pra conseguir dar essa alegria pra cidade. O trabalho vai começar a partir de hoje, o primeiro passo é enviar essa documentação pra Brasília, onde nós vamos trabalhar ou através de emenda parlamentar ou através do Ministério da Cultura”, afirmou o parlamentar.

O projeto que o deputado levou consigo contempla a recuperação do prédio, com adequação das instalações para abrigar uma escola de artes, oferecendo espaço multicultural, salas para realização de cursos e oficinas e salão para exposições artísticas.

 

- Anúncio -