(Foto: internet - site da empresa)

Cearense Betânia e mineira Embaré vão unir operações

A transação está sendo conduzida pelo fundo private equity Arlon, que comprou em 2017 cerca de 20% da participação societária da Betânia

A cearense Betânia e a mineira Embaré deverão unir as operações para ganhar terreno no segmento lácteo do Brasil.

De acordo com o Valor, a união das companhias vai formar uma empresa com faturamento de mais de R$ 3 bilhões por ano. A tendência é disputar terreno com a suíça Nestlé.

A liderança entre as companhias é da Laticínios Bela Vista, dona da Piracanjuba.

A transação está sendo conduzida pelo fundo private equity Arlon, que comprou em 2017 cerca de 20% da participação societária da Betânia.

O acordo deverá ser anunciado nos próximos dias e dependerá da aprovação do Cade.

Foto: Internet (reprodução)

Fonte: Equipe Focus (www.focus.jor.br)

Mais informações a qualquer momento

- Anúncio -