Cooperativa registrou crescimento em todos os índices

Como acontece tradicionalmente, o Sicoob Lagoacred Gerais realiza no início do ano, antes da assembleia geral, os chamados “encontros cooperativistas”, que objetivam levar até os associados da instituição informações sobre o desempenho registrado no ano anterior.

No dia 26 de março, terça-feira, diretores e colaboradores da Lagoacred receberam os associados no salão do Fuzuê, no bairro Santa Eugênia II, para repassar informações altamente positivas. A escolha do local objetiva aproximar a instituição dos associados.

“Nesse ano a gente teve três mudanças importantes em relação ao ano passado. Acrescentamos a cidade de Pedra do Indaiá, em Santo Antonio do Monte mantivemos um dos encontros no centro e o outro levamos para um bairro onde tem muito movimento comercial, buscando justamente estar mais perto do associado. Aqui em Lagoa a gente faz tradicionalmente no bairro Marília e no bairro Gomes e esse ano estamos fazendo aqui no Santa Eugênia II pra explorar um pouco mais e oferecer oportunidade aos associados dessa região. Todo mundo da cidade pode participar mas a intenção é estar mais próximo dos associados”, explica Phillip Rubens, coordenador de comunicação e projetos da cooperativa.

Novos produtos

Phillip anuncia novas linhas de crédito

“Nós mostramos basicamente as principais ações sociais desenvolvidas pela cooperativa no ano de 2018 para demonstrar onde o dinheiro das ações sociais está sendo investido e em seguida apresentamos os resultados financeiros. O ano passado foi um ano excelente para a Lagoacred, nós tivemos crescimento em todos os indicadores, então isso é apresentado para o associado ter noção do resultado que ele vai votar na assembleia. A gente fala também sobre as metas para 2019 que estão bem arrojadas e apresentados alguns produtos novos na carteira da cooperativa, esse ano por exemplo a gente tá entrando com crédito rural, crédito imobiliário, crédito digital, ou seja, diversas novidade aí para os associados”, conclui.

Ganha-ganha



Para o diretor presidente Nilson Bessas, os resultados positivos são consequência do próprio cooperativismo:

“O cooperativismo tem feito diferença na questão de serviços e produtos financeiros, as cooperativas tem se apresentado como uma opção melhor que o sistema financeiro, que hoje fica na mão dos cinco maiores bancos do Brasil. Então, com essa proposta em que o associado tem que ganhar e não o banqueiro, essa filosofia tem sido responsável por ganhar a confiança do público e também o engajamento do nosso pessoal, o nosso time que tem feito um trabalho diferenciado. E isso refletiu muito bem nesse ano de 2018, que foi um ano excelente pra cooperativa em termos de resultado financeiro”, afirma.

Reforçando o diferencial da cidade, Nilson também atribui ao empreendedorismo local os bons números:

“Se você olhar, são poucas cidades no estado de Minas Gerais que tem essa economia pujante, que é resultado de um grande número de empreendedores, que fazem um trabalho aí no Brasil todo e trazem recursos para Lagoa da Prata, isso realmente proporciona um maior potencial de crescimento da cooperativa”, complementa.

Programa sociais

 “Os programas sociais sempre estão em alta, dentro da nossa proposta e o Jovem Cooperativista, dentro da educação, é o projeto que a gente mais investe. Para 2019 nós temos um calendário bastante rico pra levar pro associado e pra comunidade de uma forma geral”.

Assembleia geral

No próximo dia 12 de abril, no Centro Catequético, acontecerá a assembleia geral da Lagocred, onde serão definidos, entre outros assuntos, como serão aplicados os recursos apurados como sobras, ou seja, o lucro da Cooperativa. Parte do valor é devolvido aos próprios correntistas da instituição e outra parte é investida conforme deliberação da assembleia.

- Anúncio -