Parafraseando o filósofo e escritor brasileiro Mario Sergio Cortella, que costumava dizer aos filhos quando crianças: “Quando completarem 12 anos contarei o segredo da vida a vocês”.

Quando o mais velho completou 12 anos, acordou o pai todo ansioso para saber o segredo da vida. O pai disse: 

“Contarei, mas você não poderá revelar aos seus irmãos. Eis o segredo: Vaca não dá leite. Você tem de tirar. Você precisa acordar quatro da manhã, ir ao pasto, entrar no curral cheio de fezes, amarrar rabo e pernas da vaca, sentar no banquinho e fazer o movimento certo”!

Vivemos uma geração que acha que vaca dá leite, acham que as coisas são automáticas. Eu quero, eu peço, eu compro, eu ganho, é tudo rápido!!  A felicidade resulta do esforço! A ausência de esforço gera frustração.

Esta geração não é formada só de crianças, temos adolescentes e até adultos que acreditam que “vaca dá leite?

Na minha experiência de mais de 20 anos com academia percebo que até algum tempo atrás, dentre outros objetivos, os mais comuns entre os alunos que procuravam uma academia, eram basicamente emagrecer ou ganhar massa muscular. Hoje felizmente vemos uma procura muita acentuada por saúde, condicionamento físico e bem estar de todas as faixas etárias,

Por outro lado, a chegada de padrões estéticos atuais, associados a uma grande exposição pessoal nas mídias sociais, alguns objetivos tem se tornado bem específicos !  “Definir” o corpo é a palavra da moda.

Antes de qualquer coisa, se faz necessário tentar estabelecer o que é “definir o corpo” ?

 Para alguns definir o corpo é perder gordura e ficar com menos volume corporal, para outros, basta afinar a cintura , e diminuir a barriga, outros, no entanto, já almejam “trincar “o abdômen, ou seja desejam que toadas as porções dos seus músculos reto abdominal e oblíquos estejam bem salientes , se possível com uma visão anatômica clara e visível destes grupos  musculares.

Muitos, porém não querem “tirar o leite”. Acreditam que existe uma dieta “fit”, um treino top na academia ou algum suplemento diferenciado que resolva seu problema.

Na verdade, a maioria das pessoas quer soluções mágicas para seus problemas, e o pior, acreditam que isto exista!!!

Homens e mulheres, naturalmente, possuem quantidades ideais e diferentes de gordura corporal. Para estar no peso ideal, basta manter uma taxa de gordura dentro dos padrões científicos recomendáveis, algo em torno de 14% do peso corporal total para homens e 19% para mulheres até 30 anos, com uma elevação nestes percentuais de +-10% a cada década que se envelhece.

No entanto, para estar definido, um homem médio precisa estar abaixo de 10% de gordura e uma mulher abaixo de 15%. Estes são números médios. O biótipo e a forma como a gordura geneticamente se espalha no corpo são definitivos! A genética tem um papel determinante, principalmente para aqueles que têm o objetivo de ficar trincado, com abdômen bem definido.

Cabe a nós, profissionais da área de Educação Física, Nutricionistas e Médicos esclarecemos quais são os meios, oferecer os métodos e o acompanhamento necessários para que o aluno atinja seus os objetivos, dentro das suas possibilidades genéticas.  Mostrar aos mesmos quais são as duras tarefas a serem executadas para se alcançar este objetivo final é fundamental.

 De forma muito simplista, poderíamos dizer que para definir seu corpo é necessário antes de tudo emagrecer, e com isto afinar a camada de gordura que se deposita internamente entre sua pele e seus músculos, deixando assim com que com eles (os músculos) apareçam e as curvas corporais se evidenciem. Isto vale, claro, para aquelas pessoas que se encontram acima dos limites de gordura recomendáveis.

Alimentação: é necessário um controle alimentar permanente, porém relativamente simples para quem se acostuma a ingerir menos caloria. È necessário uma redução do consumo calórico geral, principalmente de açucares e gorduras industrializadas. Uma redução significativa na ingestão de carboidratos simples também é fundamental. A elevação da ingestão de proteínas ajuda sim na construção da musculatura, mas não é necessário o consumo exagerado deste grupo de alimentos, como temos visto na prática. E dá-lhe whey, albumina, bcaa, caseína, clara de ovo e o peito de frango nosso de cada dia.

Atividade física: a regra numero 1 para o exercício físico colaborar com a “definição” corporal é manter um alto nível de atividade física semanal (se possível, todos os dias), com atividades que priorizem inicialmente a elevação do gasto calórico e queima de gorduras,  seja durante os exercícios, ou  após ele.

 De acordo com o tipo físico, condicionamento e interesses, prescrevemos atividades aeróbias de longa duração e média intensidade ou curta duração e alta intensidade, além de um programa de treinamento de força completo na sala de musculação. Estas são as indicações para quem busca sua definição corporal.

Quer ficar definido? Bora lá, tirar o leite!

Alencar de Castro, formado em Educação Física e proprietário das academias Estação Trainning.
- Anúncio -