Foto: O Presidente do TJMG, Gilson Lemes, participou da seleção dos quadros a serem expostos na mostra de cultura (Foto: Cecília Pederzoli)

O artista plástico lagopratense Heleno Nunes, o China, foi recebido pelo presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Gilson Soares Lemes, na última sexta-feira (10/9), para a escolha das obras que farão parte da exposição de artes que acontecerá no dia 24 de setembro, no saguão de entrada do Edifício Sede do TJMG, em Belo Horizonte. 

A mostra de Heleno Nunes será a primeira de uma série de exposições que serão exibidas no local.

O 2º vice-presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Tiago Pinto, um dos idealizadores do projeto, justifica a escolha do artista plástico Heleno Nunes: “Trata-se de um artista com grande sensibilidade, com formação humanística e também amigo do Tribunal de Justiça”.

Para Tiago Pinto, as exposições, que farão parte do cotidiano do saguão de entrada do Edifício Sede do TJMG, servirão para humanizar as relações diárias dos profissionais que atuam na Corte mineira, “amenizando a frieza do granito que compõe o espaço. Considero uma grande iniciativa da atual gestão para se criar o hábito pela cultura”, afirmou.

Foto: A mostra de Heleno Nunes será a primeira de uma série que será exibida no saguão da sede do TJMG (Foto: Cecília Pederzoli)

Heleno Nunes comemorou o fato de ser o artista a inaugurar o novo espaço cultural do TJMG. “Tive total liberdade na escolha das telas que serão expostas. Devemos iniciar a mostra com 18 ou 21 peças, número que considero ideal para uma exposição.” Ele ainda disse que a mostra não obedece a uma temática específica, mas adianta que quadros famosos, como o da Santa Ceia, e um quadro de um campesino fazem parte da seleção, que teve participação direta do presidente Gilson Lemes.

Também participou da reunião o desembargador aposentado do Tribunal de Justiça de Minas Gerais Alberto Henrique. 

Fonte: Portal de notícias do TJMG

- Anúncio -