source
Marcos Manzano durante participação no The Noite%2C de Danilo Gentili - Foto Divulgação
Divulgação

Marcos Manzano durante participação no The Noite, de Danilo Gentili – Foto Divulgação


Conhecido por seu trabalho à frente do “Clube das Mulheres”, que surgiu no início dos anos 1990 e serviu de inspiração para Gloria Perez escrever a novela global “De Corpo e Alma”, o ator e empresário Marcos Manzano  morreu nesta sexta-feira (13), em São Paulo, aos 61 anos.

Em comunicado publicado na página do grupo no Instagram, há os dizeres: “Com profundo pesar, comunicamos o falecimento do sócio e apresentador Marcos Manzano ocorrido hoje (13/11/2020) no início da tarde” e “nossas condolências a todos os familiares, fãs e amigos”.

Marcos Oliver, que já fez parte do elenco dos strippers musculosos e é lembrado até hoje por conta de sua passagem pela sexta edição de “A Fazenda”, da RecordTV , foi um dos que sentiram a perda: “Sem palavras. Que Deus o receba de braços abertos e com muita alegria, meu irmão, a mesma que você sempre teve como apresentador do clube”.

Procurado, o jornalista Ovadia Saadia, amigo de Manzano, disse ao iG Gente que a morte foi causada por bactéria. “Uma bactéria que ele pegou em um procedimento feito no coração no ano passado. Infelizmente, ela se espalhou pelo corpo. Hoje de manhã, ao ser submetido a uma nova operação, Marcos não resistiu. Uma tragédia”, manifestou-se.

Manzano tinha 61 anos e era formado em Educação Física, mas, por um acaso do destino, destacou-se como modelo. Essa experiência nas passarelas se tornou bastante útil quando, em 1989, foi convidado para participar da reta final de “Vale Tudo”, de Aguinaldo Silva, ao lado de Glória Pires e Carlos Alberto Riccelli. Ele era Giovanni, um príncipe italiano.

Fonte: IG GENTE

- Anúncio -