Aconteceu na tarde desta sexta-feira, dia 24 de Junho, uma reunião com os pré candidatos a prefeito e o delegado de polícia de Lagoa da Prata, Alyson Xavier.

O encontro, na sede da Depol, teve como objetivo estudar quais providências podem ser tomadas contra os perfis falsos que publicam notícias inverídicas e ofensivas contra os pré-candidatos nas redes sociais.

A ideia partiu da ex-secretária de educação, Paulene Andrade, que fez o convite aos demais pré-candidatos. Compareceram – além dela, o professor Di Gianne Nunes, o Sargento Edimar Nunes e o ex-vereador Naza Ferreira. Segundo Paulene, todos foram convidados.

“O correto é identificar a pessoa e promover a punição”, explicou o delegado.

De acordo com Alyson, as fake News são crimes contra a honra que podem gerar até mesmo indenização por danos morais.

Os pré-candidatos foram orientados a trazer boletins de ocorrência sempre que houver publicações difamatórias, para que sejam investigados os casos.

Imprensa pode ajudar no esclarecimento da população

Uma proposta que foi levantada no encontro é a confecção de uma lista de perfis falsos para divulgação pelos meios de comunicação instituídos na cidade. A partir de denúncias a serem feitas pelos prejudicados, os veículos tradicionais poderão tentar verificar a veracidade do perfil e, caso seja comprovado que trata-se de um fake, ele entrará para uma lista que será divulgada. O método ainda precisa ser estudado para ser implantado, entretanto.

Todos os pré-candidatos presentes à reunião se manifestaram como vítimas de publicações caluniosas.

- Anúncio -