Ações reduziram em mais de 60% incidência de incêndios em relação a 2016

Na manhã desta quinta-feira, dia 24 de agosto, em atendimento a convite da BIOSEV, de Lagoa da Prata, representantes do 5º Pelotão de Meio Ambiente (Tenente Luciano, Sargento André e Sargento Wendell) 3º  Pelotão (Sargento Edimilson) Pelotão PM de Luz (Tenente Rodrigues) e Pelotão PM de Lagoa da Prata. (Tenente Luciano e Sargento Washington) participaram de reunião de sobre estratégias para prevenção e repressão a incêndios florestais nas áreas de lavoura canavieira da usina.

Durante a reunião, foi apresentado pelo gerente agrícola, Rafael Augusto, as intervenções feitas a partir do ano de 2015, para que as incidências de incêndios nos canaviais da empresa fossem controladas.

A reunião teve como objetivo análise dos resultados obtidos pelas intervenções, que em sua maioria foram sugeridas pela Polícia Militar, através do policiamento ambiental e policiamento ostensivo, segundo o Tenente Rodrigues, de Luz.

Diversas ações foram adotadas, como talhões menores, carreadores com maior largura, câmeras de vídeo monitoramento, torres de observação e instalação de placas de advertência do risco de incêndios e penalidades criminais, como também os contatos para denúncia da prática delituosa.

Também foi demonstrado que no ano de 2017 em referência ao ano de 2016 houve uma redução de 61% das ocorrências de incêndio com um percentual dedutivo de 70% de áreas queimadas, informa o militar.

Ficou estabelecido a realização de novas intervenções pontuais, como palestras em comunidades rurais limítrofes às áreas plantadas e com pescadores profissionais e amadores, como também a colheita precoce de talhões, nas áreas de maior risco de incêndios e ainda a expansão da instalação de placas para locais de risco e próximas a comunidades e povoados.

A Biosev promoverá o monitoramento das áreas com aeronave, durante os meses de Agosto e Setembro. A 7ª  CIA PM intensificará, no horário das 14 as 21 horas o patrulhamento ambiental rural nas áreas críticas dos subsetores e o policiamento ostensivo com as patrulhas rurais no entorno.

[continua depois do anúncio]

[metaslider id=2553]

“As ações são específicas para os meses de Agosto e Setembro, haja vista que na análise de incidências criminais, são os que mais sofreram.com os incêndios criminosos”, explica o Tenente Rodrigues.

A Superintendente Industrial da Biosev, Tânia Fernandes, enfatizou a parceria da Polícia com a empresa, dizendo que foi de extrema importância para a redução dos incêndios criminosos na área do empreendimento, pois as ações desenvolvidas são em parte sugestão dos representantes da instituição.

Representantes da Polícia Militar, Ambiental e Biosev discutem prevenção aos incêndios nos canaviais

Atualmente, as regiões com maior incidência de incêndios criminosos na lavoura canavieira estão situadas nos municípios de Japaraíba e Lagoa da Prata.

As atividades de conscientização e educação ambiental serão desenvolvidas, através de cronograma específico pelos Grupamentos de Meio Ambiente  e Patrulha de Prevenção a Degradação Ambiental, com participação efetiva de representantes da BIOSEV.

Também participaram do encontro o radialista Luiz Francisco e os representantes da BIOSEV Luís Eduardo- chefe de segurança, Ellen Mara e Caroline- analistas ambientais.

- Anúncio -