SICOOB CREDIPRATA, 27 MILHÕES DE GANHO SOCIAL EM 2019

Economia para o associado, mais riqueza para a região

 

O Sicoob Crediprata atingiu a marca de 27 milhões em Ganho Social ao findar o exercício de 2019, e com muito orgulho desta performance.

O ganho social nas cooperativas financeiras, medem os benefícios que recebem os associados por meio da economia obtida ao realizarem suas operações na cooperativa e adquirirem produtos e serviços a um custo bem abaixo do mercado.

A Diretora de Negócios do Sicoob Crediprata, Nilsa Miranda explica com mais clareza: “O valor de 27 milhões representa o somatório da diferença entre as  taxas e tarifas praticadas pelo Sicoob Crediprata e a média das taxas e tarifas utilizadas no Sistema Financeiro Nacional  na comercialização dos principais produtos e serviços da cooperativa: Empréstimos, Conta garantida, cheque especial, títulos descontados, financiamentos comerciais e rurais e Depósitos à Prazo, somadas ao valor das sobras e juros do capital”.

As diferenças das taxas e tarifas no Sicoob Crediprata são bem significativas, principalmente em produtos como empréstimos, financiamentos e cheque especial e a economia gerada no bolso dos associados passa a gerar renda, novos empregos, novos investimentos e melhoria da qualidade da vida dos associados e mais riqueza para as comunidades. Isso se explica pelo formato de negócio das cooperativas financeiras, como é o caso do Sicoob Crediprata, que preconiza que os recursos resultantes das suas operações são reinvestidos nas próprias comunidades onde está presente.

Como instituição financeira cooperativa, o Sicoob Crediprata não tem fins lucrativos, é constituída por associados, que são donos da cooperativa e participam das decisões e resultados. Evidente que há necessidade de gerar resultados, porém o foco maior é gerar benefícios para seus associados e por isso, a prática de taxas e tarifas são mais justas, na medida certa a permitir a sustentabilidade do negócio.

“Nossa proposta é atender todos os segmentos econômicos dos municípios de Lagoa da Prata, Japaraíba, Moema e Esteios por meio da disponibilização de soluções financeiras completas e diversificadas de forma justa e adequada, que promovam prosperidade dos associados e das comunidades”, concluiu Nilsa Miranda.

- Anúncio -