Imagens: ACE-CDL

Desde o início da pandemia, a Associação Comercial e Empresarial de Lagoa da Prata vem tomando medidas para colaborar com a prevenção do contágio de seus associados e da comunidade de maneira geral.

 A instituição já promoveu a doação de máscaras de proteção, realizou campanhas de conscientização em todas as mídias e participou ativamente do comitê de enfrentamento à Covid-19, inclusive sediando as reuniões e divulgando as medidas deliberadas.

A entidade vem permanentemente prestando suporte às empresas, dedicando seus setores ao esclarecimento de dúvidas do comércio, acompanhando o funcionamento com as medidas preventivas e até mesmo abrindo mão da contribuição de seus associados nos últimos três meses.

Nesta semana, a ACE-CDL iniciou a realização de testes de Covid-19 para seus associados e colaboradores, como forma de amparar o monitoramento do avanço da doença no município. Os testes são feitos a preço de custo e realizados por profissional habilitado, na sede da entidade.

De acordo com a gerente executiva, Carina Dias, foram tomados todos os cuidados para manter o isolamento dos associados durante a testagem.

“A entidade já estava preparada, hoje nós temos aqui um consultório médico pronto para fazer esse atendimento. Nós separamos a ala dos nossos colaboradores com a área de atendimento para os testes de Covid, para que as pessoas não pudessem se encontrar e circular no mesmo espaço. Isolamos os banheiros também para que as pessoas que viessem fazer os testes não usassem os mesmos banheiros que os nossos colaboradores.

Tudo isso é um grande esforço da ACE-CDL para atender todos os nossos associados também juntamente com seus colaboradores e assim contribuir com toda a nossa comunidade. Uma vez que temos mais pessoas sendo testadas, mais pessoas sendo identificadas com o vírus, a gente acredita que nós vamos estar protegendo as nossas empresas da disseminação do vírus  e podendo manter a atividade econômica com todo vigor”, explica.

Testes agilizam o combate ao vírus, segundo presidente

O presidente da ACE-CDL, José Raimundo de Rezende, aposta na testagem para permitir às empresas conhecerem melhor a realidade e planejarem melhor suas ações relativas à retomada das atividades no município.

“A gente percebe que países onde fizeram um grande número de testes houve um combate do vírus com mais agilidade e até com mais precisão. Foi isso que inspirou nós da ACE-CDL a fazer isso com os nossos empresários, nossos associados e também com seus colaboradores”, afirma.

Segundo o presidente da instituição, a medida irá auxiliar os associados no acompanhamento dos casos dentro das empresas e reduzir o contágio, identificando quem estiver infectado.

“Eu creio que com esses testes sendo feitos nos colaboradores principalmente, o que vai acontecer é que essas pessoas (que testarem positivo) vão se isolar e automaticamente elas vão deixar de espalhar o vírus para outras pessoas. Então dessa forma, a gente imagina que o comércio não vai ser afetado e vai poder continuar com suas portas abertas e atendendo naturalmente a população. Testando um maior número de pessoas a gente afasta a possibilidade de um novo fechamento do comércio”, continua.

José Raimundo termina afirmando que essa é mais uma iniciativa de apoio aos empresários como forma de retribuir a confiança depositada na ACE-CDL.

“Essa iniciativa faz parte da nossa missão enquanto entidade de ajudar os nossos associados. É uma contrapartida do que eles nos proporcionam e a entidade também vê essa obrigação de retribuir aos associados, fazendo esses testes a preço de custo, subsidiando esses testes e isso é uma missão da nossa entidade”.

- Anúncio -