O Secretário de Desenvolvimento Econômico, a Secretária de Saúde e o Chefe da Guarda Municipal falaram sobre a retomada. Foto: rede social

A prefeitura realizou na semana passada uma testagem em massa da população para saber como está a transmissão do coronavírus na cidade. A intenção é também coletar dados para analisar a retomada das atividades econômicas, restringidas com a edição dos últimos decretos municipais e pela Onda Roxa do governo do estado.

Segundo a Secretária de Saúde, Margarete Borges, a testagem alcançou 9.672 pessoas, das quais 125 tiveram casos positivos para a Covid-19.

De acordo com a secretária, foram testadas pessoas que estavam trabalhando, “são pessoas que estavam na ativa, são pessoas que não estavam sintomáticas, não são pessoas que estavam isoladas”, declarou em uma rede social.

Ainda de acordo com ela, nos serviços de saúde foram registrados 194 casos positivos, de pessoas que procuraram por atendimento.

Retomada da economia

O Secretário de Desenvolvimento Econômico e Agricultura, Rogério Corgosinho, disse que os empresários receberam bom entusiasmo o novo decreto, que permitiu a reabertura dos estabelecimentos comerciais na cidade, baseado no resultado dos testes. Nesta entrevista, realizada hoje de manhã, ele fala também sobre o auxílio emergencial da prefeitura e a previsão para reabrir bares e restaurantes.

O Papel: Em que fase encontra-se o auxílio emergencial da Prefeitura? Quando ele deve estar disponível na conta dos beneficiários?

Está na fase de licitação, isto é, de cadastro das instituições financeiras aptas a oferecer o cartão. Acredito que em maio já estará disponível. Mais informações com a Secretária Amanda (Assistência Social) e Lucas (Adm).

O Papel: Havia sido dito que a Prefeitura estava analisando uma forma desse recurso ser utilizado dentro do comércio local. Como isso vai ser possível?

Será por meio de um cartão que poderá ser utilizado para compra de bens básicos/essenciais. A ideia é que as compras sejam realizadas no município, mas estamos avaliando se é possível fazer essa restrição. De qualquer forma, como são produtos essenciais, o consumo quase que em sua totalidade será no município.

O Papel: Como tem sido a receptividade do comércio às medidas de retomada anunciadas no decreto mais recente?

O comércio recepcionou muito bem. Precisamos voltar com muita responsabilidade e segurança, sempre analisando os dados da saúde. Por isso, nesse primeiro momento algumas atividades ainda não conseguiram retomar de forma integral, mas isso deve acontecer nas próximas semanas.

O Papel: Além do auxilio, quais serão as outras medidas propostas pela prefeitura para estimular a retomada da economia local?

Nos próximos dias a Prefeitura publicará um plano de retomada, que engloba inúmeras ações. Obras, desburocratização para abertura de empresas, capacitações, parcerias com as cooperativas para linhas de crédito, dentre outras iniciativas.

O Papel: O setor de bares e restaurantes está impedido de atender presencialmente. Essa situação poderá ser modificada a partir de quais indicadores? Existe uma previsão?

Indicadores da saúde: casos confirmados, lotação do CTI e nível de transmissão, principalmente. A previsão é que nas próximas semanas eles poderão realizar atendimentos presenciais.

- Anúncio -